ITAMBACURICOPOLIS

Como anda as opções para 2008!

 

13 – A chance para o povo tomar as rédeas do seu futuro e acabar de vez com o coronelismo, enfrentando de forma programática os desafios, tem ótimas chances de contornar o abismo político cavado durante os últimos 40 anos e resgatar nossa cidade, mas para isso, deverão educar o eleitorado quanto ao programa e passos para atingir o desenvolvimento social desejado. Para isso vai depender muito do estabelecimento da democracia dentro do próprio partido, caso contrário, o mesmo pode ser usado como sempre foi, e a chance passar.

 

14 – Com pose de Poderoso Chefão e muitas influências, poderemos ver de vez em quando sua presença na esquina, sempre cercado dos súditos. Pose, muita pose. Não conta atualmente com uma boa parte da cúpula central de apoio, parte da família o deixou em troca de uma secretaria na atual administração, enfim, os 14 são a materialização da política do “toma lá da cá”. Sinceramente não acredito que tenham alguma programação de governo em mente, afinal gabam-se em ser administradores natos, mas não passam de mestres, uma de Filosofia e o outro de Obras.

 

15 – No grupo, por enquanto não encontrei nem escutei muito sobre medidas concretas para sanar nenhuma das nossas mazelas sociais, se comportam como a única chance concreta de virar o quadro político atual, mas pecam quando tentam vender demais esta imagem e tratam o candidato como um velhinho que logo passará o bastão, resta saber para quem e quando, afinal ele não é tão velho assim, Cheiroso e Biro já estão pendurados neste bastão. Como disse, pecam em vender esta imagem. Neste grupo não há espaço para novas pautas, se é assim agora, imagine se vencerem.

 

25- Salve-se quem puder! Estão como moscas no mel, aterrissou, mas não irá decolar. Pode incluir neste bando todo legislativo também. Indiscutivelmente este grupo representa o que se tem de pior no quadro político de todos os quase 134 anos de historia, uma dupla de canalhas com damas de dar azia
em sonrisal. As mudanças de que temos notícias são apenas dos arquivos e mesas, um dia estão na sala da direita e no outro, estarão na sala da frente, procure um papel na mesa da Secretaria de  Planejamento e não encontrarão, não se surpreendam se incendiarem as dependências do legislativo e executivo antes de deixarem as mesmas,  forma infantil de escaparem das pesadas punições que estão por vir.

 

31- Tapinhas nas costas, sorrisos, tchauzinhos e buzinas. Realmente gostaria de acreditar que se trata de uma genuína mudança, mas experiência própria me diz que o candidato não tem o necessário pra realmente estabelecer um governo democrático e eficiente, usa muito dialeto e jargões que aprendeu no seu oficio, mas sinceramente, esta coisa de, “confie em mim que irei me moldando enquanto vocês me perdoam”, me assusta muito. Se surgir com um programa de governo será mais fácil avaliar, por enquanto é um tiro no escuro, promete aos nossos jovens muita alegria esporte e diversão, enquanto que para os mais velhos posa de enviado dos céus, salvador da pátria, um paradoxo de menino pobre de família rica. Poderá transformar nosso município
em uma Disneylândia, muita imagem e pouquíssima substância. Corremos um sério risco do estabelecimento de um neoliberalismo manco, afinal, o próprio “jingle” já diz tudo: “Chegou chegou, alegria geral!”

Advertisements

Single Post Navigation

Leave a Reply

Please log in using one of these methods to post your comment:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: