ITAMBACURICOPOLIS

Plano Diretor Clandestino

O Plano Diretor elaborado pela Prefeitura juntamente com a UNEC, não passa de uma farsa, um teatro de vampiros. Ao oposto de Participativo, o documento que será levado a câmara não é nada mais que uma transgressão do estatuto da cidade em vários se não em todos os pontos que regulamenta um verdadeiro Plano Diretor Participativo. O bigode pode tampar a boca, mas infelizmente não segura as mentiras que saem da mesma.

Mais uma vez a cultura do “nós num sabe, nós é tapado” reinou na cerimônia  oficial no Clube, pobres professores da UNEC, tanto estudo para começar seus dias de urbanização entre tolos e ignorantes, deve ser uma visão ridícula, observar-los elogiando e admirando uns aos outros, tolos elogiando tolos, ignorantes elogiando ignorantes. 

Não é de se estranhar que a trupe de Natal e do Doutor tente nos enfiar este plano falso garganta abaixo, visto que um Plano Diretor devidamente elaborado irá tocar no assunto mais temido para estes falsários, DEMARCAÇÃO FUNDIÁRIA. 

Dentro de todo universo que diz respeito ao estatuo da cidade, a questão fundiária, no tocante da função social do solo, é a que tem maior destaque e a mais importante e também oferece vários outros instrumentos: de Regularização urbanística e fundiária; a possibilidade de criar Zonas Especiais de Interesse Social (ZEIS); utilização compulsória de terrenos e imóveis considerados subutilizados; fazer valer o Direito de Superfície; obter Concessão Especial para Fins de Moradia; destinar patrimônio público para programas de moradia, dentre outros. Mas eles, claro, tem muito interesse em defender os interesses dos donos da terra, pasmem vocês, até mesmo o padres sofrem para ter suas terras demarcadas, durante os anos muitas cercas mudaram misteriosamente para dentro das terras, nossas terras.  

Quantas vezes os registros de terras desapareceram misteriosamente dos cartórios? Será que já deu tempo de investigar e adicionar as terras devolutas ao plano diretor clandestino?  

Como vocês podem ver, quando finalmente chegar o dia de elaborar um verdadeiro Plano Diretor, tenho certeza que o município há de encontrar um bom pedaço de terra para programar uma fazenda experimental, quiçá uma fazenda educacional, entre muitas outras iniciativas.

Advertisements

Single Post Navigation

Leave a Reply

Please log in using one of these methods to post your comment:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: